Toda Luz que não podemos ver – Anthony Doerr

O é narrado no ponto de vista de dois personagens. Uma menina, Marie-Laurie que aos 6 anos fica cega, e mora apenas com seu pai. Ele é chaveiro do Museu de História Natural de Paris. Por ter habilidade em construir coisas, a cada aniversário, ele monta um quebra cabeça para Marie, e montou uma maquete da cidade de Paris, para que Marie possa se localizar pelas ruas da cidade. toda_luz_que_nao_podemos_ver_1426788848440816sk1426788848b

O outro personagem que narra a história é o jovem Werner Pfenning, órfão, que mora com sua pequena irmã, Juta e outras crianças em um orfanato. Quando criança ele era diferente das outras crianças e não tinha muito interesse em brincar na rua, mas em desmontar rádios velhos que achava pela rua. E por causa dessa sua curiosidade  e habilidade em desmontar rádios, acabou gerando uma vaga em uma escola nazista quando completa 14 anos.

Tanto Marie como Werner estão crescendo enquanto a guerra está começando. Ela, é obrigada deixar Paris junto com seu pai, com destino a Sant-Malo, pois o diretor do Museu, tem um trabalho para ele. Werner vai para a escola, e devido sua habilidade com os rádios, consegue chamar a atenção de um dos professores, e acaba se tornando seu pupilo.

A guerra despontando, Werner crescendo e vê absurdos que acontecem dentro da escola, e muitas vezes se pergunta, o que está fazendo ali. Marie, aprende a se movimentar pela cidade de Saint-Malo, depois que seu pai constrói outra maquete para ela. E enquanto isso, a guerra vai acontecendo ao redor do mundo.

O livro, mesmo sento narrado em duas visões ele também acontece em duas épocas, no início da guerra, mais ou menos no ano de 38-39, e depois passa para o fim da guerra, 44-45.

Eu gostei do livro, porém achei que o autor poderia escrever mais. Em alguns momentos, parece que ele fica enrolando um pouco, e depois parece que ele simplesmente atropelou tudo. Admito que deixou um pouco a desejar. Minha nota para ele foi 7,5.

Dados Técnicos:

ISBN: 9788580576979

Editora: Intrinseca

Livros relacionados:

As espiãs do dia D – Ken Follet

Dois irmãos, uma guerra- Ben Elton

Anúncios

Sobre alinedal

Sou uma pessoa que adora livros, e que adora escrever também, então decidi juntar essas duas paixões. Vou escrever aqui sobre os livros que li até hoje, e a minha opinião sobre o assunto. Espero que vocês leitores(as) também façam suas sugestões. Então é isso ai!!
Esse post foi publicado em Livros e marcado , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s