Misturando tudo – 9

” No mesmo instante em que ele amalava o noema, ela lhe dava com clêmiso e ambos caíram em hidromurias, em abanios selvagens, em sústalos exasperantes. Depois de atravessarem a rue de Varennes, entraram na rue de Vaneau.  A vida, como um comentário de outra coisa que não alcançamos, e que está aí ao alcance do salto que não demos. As nuves achatadas e vermelhas sobre o bairro latino, à noite, o ar úmido com algumas gotas d’água que um vento furioso lançava contra a janela mal iluminada, os vidros sujos, um deles quebrado e remendado com um pedaço de esparadrapo cor-de-rosa. Modelo de ficha do Clube. Gregorovius deixou que enchessem seu copo de vodca e começou a beber, saboreando delicadamente a bebida. A mania de citações em Morelli “Teria dificuldade em explicar a publicação, no mesmo livro, de poemas e de uma rejeição da poesia, do diário de um morro e das notas de um prelado meu amigo…” GEORGES BATAILLE, Haine de lá poésie.”

(O jogo da Amarelinha – Julio Cortázar – Capítulos 68, 9, 104, 10, 65, 136)

Anúncios

Sobre alinedal

Sou uma pessoa que adora livros, e que adora escrever também, então decidi juntar essas duas paixões. Vou escrever aqui sobre os livros que li até hoje, e a minha opinião sobre o assunto. Espero que vocês leitores(as) também façam suas sugestões. Então é isso ai!!
Esse post foi publicado em Livros. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s